Atletas do Supino do Brasil
>>Translate Page<<
Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 43 em Sex Dez 15, 2017 8:31 am
Servidor de Imagens
PARA ACESSAR CLIQUE NO ÍCONE ACIMA
Últimos assuntos
» COPA MUTANTE IFBB MS 2018 - Bonito/MS (23 e 24 de novembro)
Sab Nov 03, 2018 4:07 pm por Alisson

» 64º Mister Santos - Santos/SP - (01 de dezembro de 2018)
Sab Nov 03, 2018 3:44 pm por Alisson

» Campeonato Mr. Cabo Frio de Fisiculturismo e Fitness - Cabo Frio - RJ (10 de novembro de 2018)
Sab Nov 03, 2018 3:31 pm por Alisson

» 3ª COPA CAPIXABA DE BODYBUILDING E FITNESS - Espírito Santo (10 de Novembro de 2018)
Sab Nov 03, 2018 2:32 pm por Alisson

» Minuto com Deus!
Seg Out 22, 2018 9:13 am por pitersigma

» Conjuntivite
Seg Out 22, 2018 9:11 am por pitersigma

» respiracao e seus efeitos nos treinos
Ter Set 25, 2018 10:09 am por pitersigma

» Pedro Almeida
Seg Set 17, 2018 11:11 am por pitersigma

» Dona de casa campeã de Supino e Levantamento Terra
Sex Ago 03, 2018 6:01 am por pitersigma

» Parabéns ao fórum novo recorde.
Qua Jul 25, 2018 8:08 pm por pitersigma

» 1º CAMPEONATO DE SUPINO DA ACADEMIA PRIME SHAP - Curitiba/PR (21 de julho de 2018)
Sab Jul 21, 2018 8:30 pm por pitersigma

» Saudações Supino Brasil
Qua Jul 18, 2018 12:25 pm por pitersigma

» Abacate contribui para saúde do seu coração
Qua Jul 18, 2018 12:23 pm por pitersigma

» Invente uma frase bonita para o fórum.
Qua Jul 18, 2018 12:22 pm por pitersigma

» 1º CAMPEONATO DE SUPINO E LEG PRESS DA ACADEMIA OBJETIVO TREINO - Centro/Mogi Guaçú (21 de julho de 2017)
Qua Jul 18, 2018 10:38 am por Alisson

» 17° Campeonato Brasileiro de Supino e Levantamento Terra. São Carlos-SP (21 de julho de 2018)
Qua Jul 18, 2018 10:32 am por Alisson

» Entidades de caminhoneiros são alvo de investigação
Dom Jul 15, 2018 7:06 am por pitersigma

» (Cancelado) 42º Campeonato Brasileiro de Supino Raw e Equipado - Florianópolis/SC - (26 e 27 de maio de 2018)
Dom Jul 15, 2018 5:08 am por pitersigma

» 1º trans a participar de um campeonato de fisiculturismo no Brasil
Qui Jul 05, 2018 6:29 pm por Alisson

» A greve dos caminhoneiros trouxe algum benefício ao povo Brasileiro? (votem e poste seu comentário abaixo, se assim desejar)
Sex Jun 01, 2018 4:55 am por pitersigma

» Governo pressiona PF por prisões para acabar paralisação
Ter Maio 29, 2018 8:12 am por Alisson

» Temer convoca exercito em pronunciamento
Sex Maio 25, 2018 4:23 pm por Alisson

» Confederação Brasileira de Levantamentos Básicos - Calendário 2018
Seg Maio 21, 2018 7:44 pm por pitersigma

» Primeiro campeonato de supino reto e leg press 45º - Póa/SP - 28 e 29 de Abril de 2018
Dom Maio 13, 2018 9:21 pm por Alisson

» Feliz dia das mães
Dom Maio 13, 2018 8:17 am por pitersigma

» Emporio Ferracine Produtos Naturais
Dom Abr 29, 2018 7:13 pm por Administrador

» VI Campeonato Fitness e Supino Raw DNA Fitness Academia - Itapecirica/MG - 30 de Junho de 2018
Ter Abr 10, 2018 10:15 am por Alisson

» Acompanhamento do meu treino em casa
Dom Mar 18, 2018 6:07 am por pitersigma

» Os segredos do Supino técnicas e treinos.
Dom Mar 18, 2018 6:05 am por pitersigma

» Fisiculturismo Londrina Open - Londrina - PR (07 de abril de 2018)
Ter Mar 13, 2018 5:33 am por Alisson

Parceiros

 Receitas Saudáveis


Sos eletrônica neves





O pão da discórdia

Ir em baixo

O pão da discórdia

Mensagem por Mauro Rogerio em Ter Fev 26, 2013 8:43 pm

Conta-se a história de um casal que estava completando bodas de diamantes, sessenta anos de união. Devido à idade dos velhinhos uma TV local resolveu fazer uma entrevista com o casal para saber o segredo da longevidade do seu casamento. Sem querer permitir que a resposta de um influenciasse o outro, os produtores do programa resolveram entrevistar cada velhinho separadamente para que cada um desse uma resposta espontânea sobre as causas da longevidade do casamento.

Para fugir do óbvio, os dois velhinhos foram instruídos a citar outras qualidades além do amor, pois era óbvio que sem amor o casamento sequer existiria.

O primeiro a ser entrevistado foi o esposo que, perguntado sobre quais seriam as grandes qualidades que ele cultivou e que fizeram com que o seu casamento fosse duradouro, não titubeou e respondeu:

- Não tenho dúvidas, as grandes qualidades são generosidade e dedicação. Por exemplo, eu adoro comer o bico do pão, aquela parte mais durinha, mas desde que casei abri mão deste prazer, eu sempre deixo o bico do pão para a minha esposa. Generosidade e dedicação fizeram com que nosso casamento durasse tanto.

Em seguida a esposa entrou no estúdio para também gravar seu depoimento. A entrevistadora lhe fez a mesma pergunta: “Quais as grandes qualidades que você cultivou para que o seu casamento fosse um sucesso?”. Ela respondeu, também sem pestanejar:

- As qualidades que eu aprendi a cultivar nesses sessenta anos de convivência foram a tolerância e o perdão. Por exemplo, eu odeio o bico do pão, mas o meu marido, egoisticamente, deixa sempre o bico do pão para mim. Para não haver desavença eu me submeto a comer algo que não gosto.

A história é fictícia, mas a nossa parábola encerra lições valiosas para a vida a dois, sejam casais, namorados, noivos, amigos ou família:

1a. Lição – Relacionamentos duradouros não são sinônimos de relacionamentos felizes, muitas vezes pequenas mágoas vão se acumulando ao longo do tempo de tal forma que não justificam por si só a separação, mas que vão, pelo seu acúmulo, criando um abismo criando uma união baseada em conveniências;

2ª. Lição – Pequenas frustrações podem ser como um grão de areia que sozinho pode não incomodar, mas somando-se a outros tem o potencial de criar uma imensa montanha de ressentimentos. Muitos relacionamentos estão passando pela mesma situação, onde um pensa estar fazendo o certo, mas na realidade está ferindo de morte o outro;

3ª. Lição – Aceitar as coisas sem expor aquilo que lhe magoa é um péssimo caminho para a resolução de conflitos, pois alimenta ressentimentos e acumula mágoas e pode até ser injusto, o outro pode nem sequer ter consciência do prejuízo que está causando;

4ª. Lição – Amor, perdão, generosidade, dedicação e tolerância são fundamentais para um casamento duradouro, mas um casamento feliz necessita de mais um ingrediente: diálogo. Sem diálogo não há como conhecer o outro, não há como saber o que precisa melhorar. Sem diálogo o casal torna-se uma confraria de estranhos que vivem juntos, mas que, por mais que se esforcem, jamais poderão fazer deste relacionamento uma união feliz.

O casal da nossa história aparentemente tinha tudo para ser feliz, mas sofria por falta de diálogo. Ele se punia privando-se daquilo que lhe trazia prazer porque não teve o cuidado de perguntar à sua esposa do que ela gostava. Ela se submetia a algo que detestava porque não falava para seu esposo sobre o que a incomodava. Ele se julgava generoso e dedicado, ela o achava simplesmente egoísta.

Nos dias de hoje, quando o casal trabalha fora, chega cansado, assiste TV e vai dormir. Pouco tempo sobra para o diálogo e quando acontece fala-se dos filhos, das finanças, da família, mas pouco se conversa sobre o relacionamento a dois, sobre as necessidades de cada um e renovar o compromisso do casal. Deste modo, muitas vezes o relacionamento vai sendo minado aos poucos e a separação pode ocorrer de forma até surpreendente.

Esta reflexão é um convite para o diálogo, quando foi a última vez que vocês conversaram sobre o relacionamento sem que isto significasse uma briga, uma discussão, uma mágoa?

Abra espaço para o diálogo. Este é o primeiro passo para um relacionamento restaurado e feliz.

Mauro Rogerio
Membro Sênior
Membro Sênior

Mensagens : 345
Data de inscrição : 18/07/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum